Diário de Leitura #27: A Faca Sutil – Phillip Pullman


Título: A Faca Sutil

Editora: Suma de Letras
Gênero: Fantasia
Páginas: 288
Nota: 5/5

Depois dos acontecimentos retratados em A Bússola de Ouro, o segundo volume da trilogia Fronteiras do Universo começa nos introduzindo o personagem Will Parry, um garoto de 12 anos que tem como missão de vida cuidar da mãe mentalmente instável e encontrar o pai que desapareceu em uma missão quando ele era apenas um bebê.

Depois de deixar a mãe em segurança, o menino precisa fugir da polícia após matar acidentalmente um homem que invadiu sua casa em busca de algumas cartas antigas enviadas pelo pai antes de sumir. Em sua fuga ele se depara com uma espécie de janela flutuante que o leva para um outro universo onde ele dá de cara com Lyra.

A partir dai, a trama que acompanha diferentes núcleos, continua de onde o primeiro livro parou. Então, se você não leu A Bússola de Ouro, é possível que haja spoilers a seguir.

O universo está um caos depois do experimento de Lorde Asriel abrir diversas passagens entre os mundos. Lyra foi parar em Cittàgazze onde conhece Will. Enquanto isso, Serafina Pekkala está em uma missão de busca, procurando pela garota, e se depara com uma bruxa sendo torturada pela Sra. Coulter para obter informações sobre Lyra. Ao mesmo tempo, Lee Scoresby procura Stanislaus Grumman, um homem que, acredita-se, possui um amuleto que protege seu portador de qualquer perigo. Lee pretende conseguir esse amuleto para dar para Lyra.

As duas crianças se familiarizam uma com a outra e desenvolvem uma grande amizade. Will estranha Pantalaimon, enquanto Lyra tenta entender como as pessoas podem existir sem seus daemons e conclui que o dele está do lado de dentro de seu corpo. Juntos, os dois voltam pelo portal que o menino encontrou com o intuito de procurar por respostas. Ele vai atrás de informações que possam ajudá-lo a encontrar o pai; ela, com a ajuda do aletiômetro, conhece a dra. Mary Malone que também estuda sobre o Pó (que naquele mundo se chama matéria escura/sombras). O aletiômetro alerta Lyra para não mentir para a dra. Malone e então a menina revela tudo o que sabe e faz uma demonstração em uma máquina desenvolvida pela doutora e que funciona de maneira parecida com o objeto mágico da menina.

Nesse mesmo dia Lyra também encontra Sir Charles Latrom, um homem misterioso de quem ela pensa se lembrar, mas não consegue. Mais tarde ele rouba o aletiômetro da garota e, quando confrontado, promete devolvê-lo se ela e Will lhe trouxerem uma faca especial, conhecida como Faca Sutil, que está em Cittàgazze. Ele mesmo não pode ir buscar porque a cidade é cercada por Espectros, criaturas que sugam a alma só dos adultos. Cittàgazze é uma cidade cheia de crianças órfãs.

Com o novo objetivo traçado, a dupla sai em busca dessa faca tão misteriosa e importante e descobrem ainda mais segredos. Não posso mencioná-los porque revelaria muito do enredo. No entanto, as crianças estão sendo procuradas por pessoas perigosas que pretendem entender mais sobre o Pó/matéria escura para usá-lo como arma.

Uma coisa que me encantou neste e no primeiro livro é a forma como as informações são inseridas de maneira muito natural. Elas são sempre explicadas (como os daemons, o que é a faca e outras coisas), mas é preciso ler até o fim para descobrir. Isso prende nossa atenção e nos faz imaginar o significados dos elementos apresentados. A narrativa dinâmica de A Faca Sutil quase não permite descansos. A ação é contínua e o final desesperador. Uma continuação emocionante!

Estou ansiosa pelo terceiro volume, ao mesmo tempo que não quero me despedir desse universo fascinante criado por Pullman!

Leia também:

DIÁRIO DE LEITURA #25: A BÚSSOLA DE OURO – PHILLIP PULLMAN
DICAS PARA QUEM QUER COMEÇAR A LER
MEUS CASAIS LITERÁRIOS FAVORITOS [no-sidebar]

-14.235004-51.92528

Meu nome é Gabriela, tenho 24 e sou jornalista. Trabalhei durante quatro anos grandes revistas das áreas de arquitetura e decoração e hoje sou freelance. Livros são a minha paixão e adoro falar sobre eles e tudo o que os envolve.

1 Comentário

    Diário de Leitura #26: A Bússola de Ouro – Phillip Pullman – O Décimo Terceiro Andar

    26th jun 2019 - 09:16

    […] DIÁRIO DE LEITURA #26: A FACA SUTIL – PHILLIP PULLMAN DICAS PARA QUEM QUER COMEÇAR A LER  [no-sidebar] […]

Responder

Your email address will not be published. Required fields are marked *

SOBRE

Meu nome é Gabriela, tenho 24 e sou jornalista. Trabalhei durante quatro anos grandes revistas das áreas de arquitetura e decoração e hoje sou freelance. Livros são a minha paixão e adoro falar sobre eles e tudo o que os envolve. Boas leituras!

Curta a Fanpage no Facebook

Assine nossa newsletter!

* indicates required

lendo

Categorias

Arquivo

SIGA-NOS NO TWITTER

SIGA-NOS NO PINTEREST

ads

Siga-nos nas redes sociais

×