Siga-nos nas redes sociais

Posts for Textos originais Category

Permanência, substantivo feminino

Você já teve a sensação de que quando escreve alguma coisa no papel ela se torna real? É como se a tinta absorvida pela folha fizesse determinado pensamento ou sentimento se materializar e ganhar vida. Parece que a partir daquele momento não tem volta: se está escrito, vai acontecer. Transforma-se em uma ideia definitiva e permanente, que não pode ser deixada de lado por nada nesse mundo. 

Eu tenho essa impressão constantemente. Tanto que evito fazer listas de tarefas em cadernos, agendas, post-its, etc., sempre anoto tudo no bloco de notas do computador ou...

Jornalismo impresso em tempos de mídias digitais (ou a morte do papel)

Quando defini o tema da minha monografia intitulada REVISTAS IMPRESSAS NA ERA DIGITAL: reestruturação da produção jornalística e o novo modelo de negócios da Editora Abril,...

Marina

Escrevi o texto abaixo em 2012. Procurando algo para postar no blog, me deparei com ele numa pastinha de textos antigos. Quase não editei....

O homem da cobra

Eu tenho o hábito de falar sozinha. Acredito que muita gente que é introvertido dá dessas. E eu crio cenários e enredos de conversações...

Quero ser palestrante

Não, eu não quero ser palestrante – aliás, detesto falar em público; esse é o meu grande pesadelo. Mas não consegui pensar em um...

Uma carta para o crush

Poxa, crush, por que não me nota? (se você não entendeu a referência, clique aqui e me agradeça depois. Ou não.) 
Bom gente, já faz um certo...

Carta para um grande amigo


Olá querido amigo, como vai?  Te escrevo esta carta para dizer que não me esqueci de você. Pelo contrário: todos os dias penso com...

Desafio das 30 cartas

Olá pessoas! Tudo bom com vocês? Hoje estou aqui para dizer que vou iniciar mais uma challengezinha. Tenho planos para agosto (sentiram a dica?)...

Escrevi uma FANFIC com um super crossover

Bom, pelo menos eu tentei. Tudo começou com este gif e um post no Tumblr que dizia “imagine Sherlock helping you through a though...

Sobre momentos de inocência e ignorância (no bom sentido)

  Quando eu tinha 17 anos tive uma conversa com o meu pai sobre qual curso eu gostaria de fazer na faculdade e porquê. Eu...

SOBRE

Meu nome é Gabriela, tenho 24 e sou jornalista. Trabalhei durante quatro anos grandes revistas das áreas de arquitetura e decoração e hoje sou freelance. Livros são a minha paixão e adoro falar sobre eles e tudo o que os envolve. Boas leituras!

Curta a Fanpage no Facebook

Assine nossa newsletter!

* indicates required

lendo

Categorias

Arquivo

SIGA-NOS NO TWITTER

SIGA-NOS NO PINTEREST

ads

×